Home / Geral / Apesar da previsão de queda no setor, transportadoras estão confiantes.

Apesar da previsão de queda no setor, transportadoras estão confiantes.

O Relatório de Inflação de setembro de 2016, divulgado pelo Banco Central (BC), prevê que haverá uma queda de 5,4% nos serviços de transporte, armazenagem e correio. Além disso, houve desempenho negativo de outros setores: serviços tiveram queda de 2,7%, indústria com 3,3% e agropecuária com 2,2%. Já a inflação deve bater os 7,3% até o final do ano, impactando também o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que obteve aumento de 6,5%.

Mesmo com queda, os transportadores estão confiantes e acreditam numa melhora para os próximos meses. Segundo Vander Costa, presidente da Fetcemg (Federação das Empresas de Transportes de Cargas de Minas Gerais), “a queda já ocorreu, chegamos ao fundo do poço. O que acreditamos que ocorrerá, daqui para frente, é um início de estabilidade com retomada lenta. Mas esperamos algum crescimento já para o último trimestre do ano e, no ano que vem, uma expansão de 1% a 2%. É uma inversão de tendência importante”.

O BC também estima resultados melhores a partir de 2017, ano em que o PIB poderá crescer 1,3%. Além desses números, destaca-se também o crescimento de 3,5% na agricultura e 1,5% na indústria.

Ainda segundo o relatório do BC, “o cenário básico do Copom (Comitê de Política Monetária) contempla a estabilização da atividade econômica no curto prazo e a possível retomada gradual ao longo dos próximos trimestres, em contexto de elevado nível de ociosidade na economia”. A tendência é que o setor de transportes estabilize, mesmo com as oscilações econômicas do período.

Fonte: Mídia Truck Brasil
http://www.midiatruckbrasil.com/2016/10/bc-preve-queda-de-54-para-transporte.html

Sobre: LABET - Exames Toxicológicos

Veja também

7 atitudes que levam a suspensão imediata da CNH

Fique atento e conheça 7 atitudes que levam a suspensão imediata da CNH. Acredite se …