Home / Geral / Estudo do Denatran afirma que 600 mil motoristas não renovaram a habilitação.

Estudo do Denatran afirma que 600 mil motoristas não renovaram a habilitação.

De acordo com a matéria da Band News, que foi ao ar no mês de maio de 2017, é grande o número de caminhoneiros com habilitação vencida. O motivo? A obrigatoriedade do Exame Toxicológico. Dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) apontam que cerca de 600 mil motoristas de caminhão e ônibus não renovaram a sua carteira desde a implantação do exame. São quase 30% dos profissionais da categoria que estão pendentes da renovação da CNH.

Entre outras informações, o levantamento identificou que 10% dos motoristas profissionais das categorias C, D e E, preferiram rebaixar a categoria em vez de realizar o teste. E 20% não renovaram a carteira no prazo.

Com larga janela de detecção, o exame detecta por meio de uma amostra de cabelo se houve consumo recorrente de drogas em um período retroativo de 90 dias. Para Rodolfo Rizzotto, Coordenador do SOS Estrada, uma parte dos motoristas consomem drogas com frequência e por isso, estão evitando o exame.

O uso de substâncias psicoativas prejudica o mercado de profissionais que não utilizam drogas. Os motoristas que usam entorpecentes prejudicam o frete daqueles que não são usuários, uma vez que chegam mais rápido ao trajeto.  “É uma concorrência desleal e desumana” afirma Rizzotto.

Fonte: Band News Rio de Janeiro

Sobre: Hélder Silva

Veja também

Conheças as multas mais comuns para motoristas de caminhão e saiba como evitá-las.

Regulamentada pelo CTB (Código de Trânsito Brasileiro), as leis de trânsito têm como intuito promover …