Home / Geral / Locais com baixa adesão ao exame poderão contar com uma ampla rede de coleta da LABET.

Locais com baixa adesão ao exame poderão contar com uma ampla rede de coleta da LABET.

Obrigatório para motoristas com habilitação nas categorias C, D e E, desde março deste ano, quando entrou em vigor a Lei Federal nº 13.103, o Exame Toxicológico tem ajudado a reduzir o número de acidentes de trânsito. Ainda assim, motoristas de alguns estados têm encontrado dificuldades para efetuar a realização do exame.

Entre as queixas apresentadas pelos condutores, está a quantidade de laboratórios credenciados. No Piauí, por exemplo, foram identificadas poucas adesões ao exame. “A coleta é feita aqui e mandada para fora. Pela pouca quantidade de laboratórios que fazem o exame, a demora para receber o resultado pode chegar a mais de 15 dias. Infelizmente, esta é uma burocracia necessária, pois um condutor que faz uso de ilícitos coloca vida de muita gente em risco nas estradas”, afirma o diretor de habilitação do Detran Piauí, Carlos Ferreira.

Para ajudar os motoristas que precisam fazer o Exame Toxicológico, a LABET conta com uma ampla rede com mais de 3 mil unidades de coleta por todo o território brasileiro. No Piauí, são 26 unidades de coleta em diversas cidades, inclusive na capital Teresina.

Se você é autônomo ou possui empresa, verifique a unidade mais perto de você e faça o seu exame na LABET: http://labet.com.br/redecoleta_laboratorio.asp

Diário do Povo

Sobre: Exame Cabelo

Veja também

Conheças as multas mais comuns para motoristas de caminhão e saiba como evitá-las.

Regulamentada pelo CTB (Código de Trânsito Brasileiro), as leis de trânsito têm como intuito promover …