Home / Geral / O valor das multas foi alterado. Entenda o impacto na frota.

O valor das multas foi alterado. Entenda o impacto na frota.

No dia 1º de novembro de 2016, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) sofreu algumas mudanças. Com isso, algumas infrações de trânsito foram alteradas e podem impactar diretamente os gestores de frotas. Veja o que mudou:

Celular ao volante
Quem dirigir e usar o aparelho ao mesmo tempo cometerá uma infração gravíssima, com penalidade de 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 293,47. A infração, que antes era considerada média, proíbe o manuseio de celulares e smartphones.

Estacionar em vagas reservadas
Parar em vagas exclusivas para pessoas com deficiência ou idosos também é considerado infração gravíssima. A multa é de R$ 293,47 e acresce 7 pontos na carteira. Lembrando que, para estacionar carros ou veículos de carga e descarga nesses locais, será necessário apresentar uma credencial oferecida pelos órgãos de trânsito.

Excesso de peso
A mudança sobre o excesso de carga impacta diretamente o frotista. Os valores passarão a ser especificados em reais, e a penalidade será considerada média, com multa de R$ 130,16. Saiba mais sobre a sanção de carga excedente:

– R$ 5,32, até 600 kg.
– R$ 10,64, de 601 kg a 800 kg.
– R$ 21,28, de 201 kg a 1.000 kg.
– R$ 31,92, de 1.001 kg a 3.000 kg.
– R$ 42,56, de 3.001 kg a 5.000 kg.
– R$ 53,20, acima de 5.001 kg.

Direção e bebida alcoólica
O condutor que for flagrado pelo teste do bafômetro ou se recusar a medir o consumo de álcool, irá pagar o valor de R$ 2.934,70. Caso seja reincidente, a sanção tem o valor dobrado, podendo chegar a R$ 5.869,40. Como medida preventiva, o motorista será suspenso de dirigir por 12 meses e terá que fazer curso de reciclagem.

Suspensão do direito de dirigir
O prazo de suspensão do direito de dirigir também mudou. O motorista que somar 20 pontos na CNH, no período de um ano, ficará de seis meses a um ano suspenso. Se for reincidente pelo tempo de 12 meses, a suspensão pode aumentar de 8 meses a 2 anos. Anteriormente, os motoristas ficavam suspensos pelo tempo de um mês e, em caso de reincidência, seis meses.

Para condutores com habilitação na categoria C, D ou E, será possível participar de um curso de reciclagem toda vez que alcançarem 14 pontos no período de 1 ano.

Fonte: Blog do Caminhoneiro
http://revistacaminhoneiro.grupott.com.br/multas-mais-caras/

Sobre: LABET - Exames Toxicológicos

Veja também

7 atitudes que levam a suspensão imediata da CNH

Fique atento e conheça 7 atitudes que levam a suspensão imediata da CNH. Acredite se …