Home / Geral / Pesquisa do sistema Anhanguera–Bandeirantes aponta que cerca de 70% dos caminhoneiros têm problemas na visão.

Pesquisa do sistema Anhanguera–Bandeirantes aponta que cerca de 70% dos caminhoneiros têm problemas na visão.

O Programa Estrada para a Saúde, em funcionamento desde 2006, já atendeu mais de 100 mil motoristas de cargas e, recentemente, entrevistou alguns motoristas, com base nos últimos exames realizados pelo programa. A pesquisa foi feita com 5.716 motoristas de veículos de carga e identificou 4.040 profissionais com acuidade visual alterada. Ou seja, o correspondente a 70% dos caminhoneiros que fizeram o exame no Centro de Atendimento do Programa Estrada para a Saúde.

Segundo o coordenador médico da Autoban, Mário Jorge de Castro Kodama, “de cada dez, sete apresentaram alguma dificuldade, sobretudo para enxergar as letras. Mais raramente, alguns confundiam as cores verde, amarelo e vermelho.”

Além de acuidade visual, também foram detectados outros problemas, como miopia ou hipermetropia, condições que afetam a direção e podem reprovar o motorista no exame de renovação da CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Além disso, a pesquisa também detectou que 86% dos caminhoneiros examinados estavam com o Índice de Massa Corpórea (IMC) alterado e, consequentemente, acima do peso. Em entrevista, os profissionais afirmaram que não fazem atividades físicas, além de levarem uma vida sedentária. Kodama também afirma que muitos desses motoristas já têm em seu histórico colesterol alto, hipertensão e diabetes.

Para os motoristas que precisam fazer alguns exames, o programa Estrada para a Saúde funciona desde 2006, na Rodovia dos Bandeirantes, e oferece também serviços de enfermagem, tratamento dentário preventivo, aferição da pressão arterial, corte de cabelo, entre outros serviços gratuitos.

Fonte: A Tribuna

Sobre: Exame Cabelo

Veja também

7 atitudes que levam a suspensão imediata da CNH

Fique atento e conheça 7 atitudes que levam a suspensão imediata da CNH. Acredite se …