Home / Geral / Rebite: antes de herói, o grande vilão das estradas

Rebite: antes de herói, o grande vilão das estradas

Setores de fiscalização e responsáveis pelo tráfego nas estradas brasileiras têm se preocupado cada vez mais com a rotina estressante dos caminhoneiros, agravada pela necessidade do cumprimento de prazos e faturamento extra. Por sua vez, os motoristas recorrem ao uso de substâncias estimulantes para que possam dirigir por longos períodos sem parar.

Uma das substâncias mais comuns entre os caminhoneiros e inimigo das estradas é o rebite, a famosa “bolinha”, uma droga que atua no sistema nervoso central e que reduz a sensação de cansaço e de sono, além de causar a sensação de aumento de capacidade mental e física. Os perigos da “bolinha” estão, sobretudo, no fato do estimulante afetar o discernimento do condutor. Especialistas afirmam que o motorista vê o perigo, sabe que tem de frear e, ao invés disso, pisa fundo no acelerador e aumenta as chances de provocar graves acidentes.

O consumo exagerado dessas substâncias deixa o usuário irritado, agressivo, depressivo, desorientado. Os efeitos colaterais mais comuns do rebite são:

  • dilatação das pupilas;
  • dor de cabeça;
  • tontura;
  • aumento do batimento cardíaco e da pressão arterial;
  • nariz e boca ressecados;
  • visão desfocada;
  • confusão cerebral.

Fonte: Diário da Amazônia.

Sobre: Exame Cabelo

Veja também

7 atitudes que levam a suspensão imediata da CNH

Fique atento e conheça 7 atitudes que levam a suspensão imediata da CNH. Acredite se …